Moda para Todos » Arquivo Como usar salto alto
Diario
23 de Abril de 2015
Como usar salto alto.
Tags: , ,


Já tem algum tempo, que venho postando sempre alto relacionado  a saltos,confortos e etc. E como vi que realmente muitos gostaram, e que muitas sofrem com isso ( não é fácil ter que se equilibrar em um salto), Hoje resolvi vim com o novo assunto que é Como usar salto alto.

tumblr_llr67ubZeo1qii6mho1_500_large

Salto alto é lindo, e deixa a mulher mais elegante e sexy, ganhando muitos elogios por onde passa. Até a postura de andar fica mais elegante. Mais o que poucas sabem que o uso continuo do salto alto pode prejudicar seriamente sua coluna, então tome cuidado e não use em excesso o salto muito alto.

Mais para aquelas, que quando sai para se distrair adora um salto alto ( para ficar mais confiante, e chamar a atenção), vou passar algumas dicas para que você não erre, e fique andando como um “pato”.

Primeiros passos no Salto Alto

Confiança. Essa é a palavra mágica. Mulher que não confia em si mesma, dificilmente vai conseguir confiar em um salto. É como aqueles integrantes de circo que andam sobre uma fina corda. Claro, tem outros elementos importantes, como intermináveis treinamentos, mas se entrarem com medo, certamente irão cair no primeiro passo. Com a confiança em alta, você automaticamente melhora sua postura. Pode reparar; quando estamos certas de algo, tendemos a deixar a coluna ereta, a cabeça erguida e os passos firmes. Isso é tudo o que precisamos para encarar um salto. Então, encolha a barriga, estufe o peito, levante a cabeça e tenha em mente que você é especial e merece ser vista como tal.

 Dica: Outra coisa importante é a firmeza das pernas. No início, pode ser difícil mantes os joelhos na posição correta, mesmo por que, os pés estarão inclinados para frente. Porém, é essencial tentar mantê-los esticados quando estiver dando um passo, mantendo o outro ligeiramente flexionado. Fazemos isso todas as vezes que andamos mas, com salto, às vezes fica um pouco complicado e, quem está aprendendo, geralmente mantem os dois flexionados.
Observe adolescentes que sobem no salto alto pela primeira vez; elas dão passos mais largos e ficam com as pernas um pouco dobradas o tempo todo ao andar. Bom deixar claro que citamos adolescentes por um motivo simples: estão saindo de uma fase em que não há saltos em sandálias ou qualquer tipo de sapato e, muitas vezes, passam o dia de tênis, chinelos ou descalças. É um mundo novo para elas.

Mantendo as pernas firmes, as chances de torcer os pés são bem menores. Como o salto não dá a estabilidade que temos ao andar descalça, precisamos, digamos, criá-la. Como podem perceber, é o conjunto que faz com que você tenha sucesso em um salto alto.

Antes de sair na rua tentando desfilar, experimente os sapatos em casa. É mais seguro e, se você cair, não terá tanta gente vendo. Calce e olhe no espelho. Veja a posição dos pés e ande um pouco. Aumente a velocidade dos passos e sinta se está confortável.

 

Subindo aos Poucostipos-Salto-del-paseo

Como dissemos anteriormente, não precisa colocar um salto 15 na primeira vez. Comece com os de dois centímetros. E não pense que é pouco; para quem não sabe andar de salto, essa altura faz muita diferença. Outra dica é usar sapatos com saltos mais grossos. Eles dão mais estabilidade e fazem com que você se sinta mais segura. Quer algo mais fácil, tente as  plataformas e anabelas.

Saltos Menores

Quando sentir que já domina os saltos menores, aumente para cinco centímetros e arrisque os mais finos. Assim, poderá acostumar tanto com a nova altura como aprender a manter o equilíbrio. Atualmente, existem vários modelos disponíveis, um mais bonito que o outro. E podem ser usados em diversas ocasiões, desde um passeio, já que são mais confortáveis, até em uma reunião de negócios, uma vez que não chamam tanta atenção e ainda te deixa elegante. Inclusive, saltos desse tamanho são ótimos para trabalhar; não cansam tanto as pernas, não são chamativos e ficam uma graça.

Saltos Finos

Caso ainda não tenha acostumado com os saltos finos, tente o modelo chamado cone, mais fino na ponta, mas que tem a largura do calcanhar. Eles tendem a ser mais fáceis e estão disponíveis em diversas alturas.

Salto Prisma, ou Ponteira

Quer “crescer” um pouco mais? Então está na hora de arriscar o salto prisma, ou ponteira. Tem o formato reto e não é tão fino. Porém exige um pouco mais de firmeza ao pisar. Sapatos com esse tipo de salto são, em geral, mais elegantes e ficam melhores para serem usados em festas, já que são mais altos. Alguns modelos de sapatos possuem uma pequena plataforma na parte frontal do sapato, fazendo com que a altura se mantenha ao mesmo tempo em que diminui a inclinação dos pés. Com isso, o calçado fica mais confortável e seguro.

Salto Stiletto

Quando vemos, principalmente em  filmes, imagens de mulheres poderosas e sexys, logo percebemos o famoso salto stiletto, ou agulha. Aquele bem fino que dá a impressão de que vai quebrar a qualquer momento. Geralmente tem altura mínima de dez centímetros e exigem muito mais do que boa postura e firmeza. Não podem ser usados em qualquer lugar, como em determinadas ruas ou superfícies irregulares com muitos detalhes em alto ou baixo relevo, além de gramados. Devido ao salto muito fino, é fácil enfiá-lo em um buraco e correr o risco de estragar o sapato ou mesmo sofrer uma queda.

Salto Meia-Pata

Quer usar aquele salto altíssimo que tem uma enorme plataforma na frente? Então tenha paciência e procure acostumar com todos os tipos que mencionamos anteriormente. Com esse tipo de sapato, que chamamos de meia-pata, não é possível sentir a superfície. O pé fica muito curvado, o salto é fino e a frente é levemente suspensa. Isso que dizer que, ou você se certifica de que o lugar não tem nenhum obstáculo, como pedras, buracos e tops ou terá que andar olhando para o chão. E isso não é elegante.

O meia-pata fica ótimo no pé e deve ser usados em ocasiões especiais. Para se sair bem com ele, experimente bastante em casa. Lembre-se da posição dos joelhos. Quando sentir realmente segura, coloque-o para ir a algum evento. Caso contrário, terá que se apoiar a festa toda e andar como se fosse um astronauta na lua.

Para não Cair do Salto

salto-alto-1

O salto faz com que os tendões e músculos da sua perna, especialmente da panturrilha se contraiam. Isso pode causar um pouco de dor no início, já que eles não estão na posição da qual estão acostumados. Mas não se preocupe, essa dor passa com o tempo; é como se estivesse iniciando um exercício diferente na academia. Entretanto, passar muito tempo com os pés inclinados não é bom para a circulação, em especial se tiver de ficar em pé. Se esse for seu caso, dê preferência para saltos largos, já que não precisará ficar se equilibrando sobre eles.

Quando chegar em casa, tire os sapatos e alongue as pernas, coloque os pés na posição contrária da que estavam. Ou seja, como estavam inclinados para frente, tente dobrá-los para cima. Faça isso com um é de cada vez. Mas não force muito e use um degrau de escada para ajudar. Ou então pode alongar do jeito que fazemos na academia, como se estivesse empurrando a parede para frente.  Fazendo isso, você irá esticar músculos e tendões, diminuindo a pressão e afastando a possibilidade de dores. Se, mesmo assim continuar sentindo dores, repense o tipo de salto que é melhor para você. Outra coisa, uma massagem nos pés com um bom creme relaxante é uma boa pedida.

Dica: Você acha que as mulheres que descem e sobem escada de lado estão fazendo charme? Nada disso.
Sim, tem um pouco de charme, mas essa técnica, foi criada para que se possa andar na escada sem cair.
Ao descer, o sapato deve ficar totalmente apoiado no degrau para que não haja risco de escorregar; segurar no corrimão é algo que não deve ser dispensado.
Já para subir, o importante é ter a frente dos pés firmes na escada, já que o salto pode escapar do degrau, fazendo com que a mulher caia para trás. Novamente, o corrimão deve ser seu melhor amigo nessa hora. Tudo isso é por motivo de segurança, mas nada impede que você faça um charme.

A última dica para andar de salto com toda a elegância e chamar a atenção de todos é tomar cuidado com o tipo de superfície e o salto a ser usado. Como dito antes, salto agulha não combina com grama ou chão irregular. O mesmo para o meia-pata, que deve incluir, também, superfícies escorregadias.
Pense assim, quanto mais fino o salto, melhor tem que ser o chão. Anabelas, por exemplos, são ótimas para calçadas com pedras, já que não corre o risco do salto entrar ou entortar.

Beijoss







Nenhum comentário em “Como usar salto alto.”


Comentar






*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.